quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Porque amanhã se pode ser hoje?

E daí que faltam 3 dias para 2011 acabar?  Isso quer dizer que faltam 3 dias para começar as promessas no novo ano.

Ahh! Mas se faltam apenas 3 dias então vamos aproveitar!!! 

Eu tô louca que acabe logo esse ano, essa coisa de virada de ano é uma doideira danada, a gente sempre diz que vai ser melhor, que vai fazer mais, que vai estudar mais, tudo mais.
 
Mas, eu quero saber de hoje! Sim hoje!



Hoje eu vou fazer o que tenho vontade sem me preocupar com o depois, sem esperar nada, porque é assim que venho curtindo a minha vida ultimamente. Não, eu não sou uma louca que não planeja nada. E como todo mundo tenho meus sonhos, mas é que tem coisas que não podem ficar para 2012 sabe?! Porque minha vontade é AGORA.

O que espero de 2012 é a mesma coisa de todos os anos: ganhar mais dinheiro, trabalhar mais com o que gosto, curtir mais minha família, mais viagens, amigos, férias, saúde, e é exatamente isso que desejo a todo mundo que está ao meu lado.

Esse lance de pular com o pé direito as 0h é coisa de saci, então pula com muita vontade com os dois pés, bem firme, com fé, na certeza que 2012 vai ser um ano fantástico. 

Ixii, já tô eu falando de 2012... deixa o ano chegar com suas surpresas, alegrias né?

Vai agora fazer o que tem vontade, deixa o coração falar alto, se entrega a emoção porque ainda dá tempo!! Guarda um pouquinho da razao nesses 3 dias de 2011.


2011 tá acabando mas ainda temos 3 dias!

Para encerrar, um sambinha! Porque tudo que acaba com samba é bom! E é nesse clima que estou!


Feliz 2012!!!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Eles cantam com o coração!

Levanta a mão quem tem amigos de fé! \o/





Eu tenho!!

Quero apresentar Beth e Reginaldo, um casal de Deus que conheci há uns 11 anos (como faz tempo) na Igreja de São Francisco de Assis em Rio Doce.

Mas não conheço esse casal apenas de ouví-los cantar bonito na Igreja não.

Não conheço Reginaldo apenas de ouví-lo fazer uma pregação que te "prega" uma lição de vida.

Não conheço Beth de ouvir sua voz linda ecoar na Igreja e fazer a gente chorar comovidos pela presença do espírito santo de Deus. Conheço um pouco mais!

Conheço a Beth mãe, dona de casa, mulher, filha, irmã, amiga, esposa.

Conheço o Reginaldo pai, amigo, filho, brincalhão...

Fora isso Deus deu a eles o dom de cantar e levar aos fiéis a fé e a palavra de Deus através da música. 

Já vivi muita coisa legal com eles, viagens com a banda... eu tomava conta das meninas que hoje estão maior do que eu. ( tô ficando velha). Fazia de coração por amor a eles e ao projeto. 

Quantas vezes já tomei sopa com pão junto com eles. Podia faltar tudo naquela casa, mas fé, esperança e amor isso nunca faltava.

Já estive com eles na perda quando o Henrique (irmão da Beth) se foi, estive na alegria com a chegada de Maria Catarina, a terceira das Marias (as filhas lindas). Isso sim é amizade.

A vida nos deixa meio afastados, é tanta coisa, tanta correria diariamente que a gente nem se vê mas quando nos vemos o carinho e a alegria é notório e sincero. Mas em oração pode ter certeza que estamos juntos sempre. São 20 anos de missão, 14 anos de casado... é muita coisa né? Mas muito ainda está por vir.

E daí que, Deus lindo como Ele é, resolve nos aproximar novamente, prevendo um projeto que nem sei ainda o que é e nem o que Deus quer de mim nesse momento, mas sabendo e sentindo que é um chamado de Deus eu disse SIM, SIM a este casal. Estou aqui para o que vocês precisarem, o que eu puder fazer eu farei.

Agradeço demais o carinho de vocês por mim e por minha mãe, é recíproco da nossa parte.

Deus tá dando pra vocês um novo povo, eu creio!! A responsabilidade é grande heim!?

Agora escutem essa música linda que eles cantam!

 

Bjos.!

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Um casamento especial!


Domingo 27 de novembro de 2011, o dia que minha irmã casou... na igreja tá? Porque ela já mora com ele há uns 4 anos e eles tem uma filha linda, Estelinha meu amor!

Domingo foi aquele dia esperado por todos, logo cedo minha tia me liga aos prantos dizendo que já tinha tomado um calmante, ela é assim mesmo e diz que eu e minha irmã somos filhas dela. Mainha nervosa o dia todo e eu na maior calma mas ansiosa para ver o momento que é úncio e esperqado na vida de toda mulher. 

Casamento comunitário, 30 casais ao mesmo tempo, uma cerimônia linda, o padre falou tanta coisa bacana e verdadeira... emocionante.

Minha irmã chorou, meu cunhado também, eu não chorei... choro em todos os casamentos mas nesse eu não derramei nenhuma lágrima, acho que é o tempo que deixa a gente assim, meio fria. Mas eu fiquei e estou MEGA FELIZ  por eles, já acompanhei tanta coisa desses dois que para mim é uma benção de Deus... dizia o padre: Se antes era bom antes de casar no religioso, agora vai ficar melhro ainda. Tô na torcida para que seja lindo sempre.

Daí pensei tanta coisa, como toda mulher eu também sonho com este momento, não tanto como antes mas tenho vontade e deixo o aviso: Quero casa na Igreja viu? Para quem é este aviso? Para o próximo que vier se hospedar no coraçãozinho aqui hahaha.
Lembrei das pessoas que já passaram em my life, de como foram importantes e de como poderia ter sido diferente. Já fui noiva, mas não comprei nada para casar... em outro relationship até apartamento fui olhar, sonhava em ver ele decorado com a nossa cara, até nome o filho já tinha kkkk me divirto quando lembro de tudo.

E dessa coisas todas que a gente vive unicamente com cada pessoa ficam as lembranças, as frustrações e aquela célebre frase: Se eu pudesse voltar fazia de outro jeito. Bem!! Não é bem assim que acontece tá? Afinal o que passou passou e nem me arrependo de tudo. Penso também: Será que ele teria mudado com o tempo? Será que com o outro eu poderia ter feito assim, será que ... será que... AHH., Será que nada! 
Para!!!  As coisas acontecem porque tem que acontecer caramba.


Você leva fora, você também pode dar fora e dar o fora. Se tocar sabe?!
Bem... quero casar como manda o figurino mas deixo a cargo de Deus resolver como será. Sabe aqueles filminhos de comédia romântica que tudo da certo no final? As vezes acho que um dia vai acontecer comigo, pura inocência mas sonhar não custa nada, É FREE!
E falando em casamento deixo essa música de Vanessa da Mata. Bem sugestiva , mas é so pra incrementar o post.


Bjos.


segunda-feira, 21 de novembro de 2011

82 anos e muito amor!

Levanta a mão quem tem Vó \o/. 

Eu sempre escuto algumas amigas falarem das avós, do amor que a vó dá, ou relembrando de como era bom no tempo que a vó ainda era viva... Eu cresci na casa da minha vó, era lei passar todo fim de semana na casa de vovó, era lá que tinha amigos, foi lá que dei o meu primeiro beijo e foi lá tambem onde tive o meu primeiro namorado. Minha vó mora em Jaboatão, longe da minha casa (moro em Olinda) e sempre estava lá com mainha, minha irmã e meu irmão (que morava com ela). A família é grande e a casa sempre estava cheia!! Minha família adora uma farra e quando se junta sai de perto, a coisa é boa. Um povo animado e uma família unida, posso dizer que somos. Natal, Reveillon, São João, Semana Santa... tem que ser na casa de Vovó se não... Ah, não vai ter graça.

Mas estou aqui para falar da minha Vó (mãe da minha mãe), a Srª Isabel Maria da Silva mas para mim é Vovó Beliza. Ela não é aquela vó que faz bolo, que compra presente e enche os netos de beijos. Não! Minha vó é meio fria e não gosta de muito chamego, mas não é uma pessoa amarga com a vida, ela só diz que está esperando a hora dela chegar. Tem um coração bom e teve uma vida sofrida, veio do interior, teve 10 filhos e chegar na cidade grande e ainda tomar conta de tudo não é lá uma tarefa tão fácil.

19 de dezembro de 2011 ela completou 82 anos e fico pensando que se ela tivesse um blog quantas histórias ela teria para contar, só de partos ela falaria de 10 hahahaha. Me pergunto o que passa na cabeça dela em saber que já está com 82 anos e já viveu tanta coisa, já viu tanta coisa... coisas boas, coisas tristes. E para não ser diferente, este ano fomos a casa dela e nos reunimos para comemorar mais um ano de vida. A turma toda como sempre, todos os filhos (os que estão vivos claro) e quase todos os netos (tem uns que moram na Bahia e outros que aparecem de vez em quando). Mas aqueles que sempre estão lá, estavam lá novamente. E é sempre assim, ela gosta da presença de todos mas fica no cantinho dela, é de poucas palavras, mas quando quer falar... sai de baixo, lição de moral danada kkkkk.

Voltei para casa pensando em como é bom ter vó, como é bom reunir todo mundo para comemorar 82 anos de vida e voltei pensando, tenho 26 anos e já vi tanta coisa... será que chego pelo menos aos 50? Pensei também que quero fazer assim com a minha mãe, reunir os filhos, os netos... na casa dela claro. 
Enquanto Vovó Beliza for viva quero aproveitar para ficar perto dela, não ligo para o jeito dela de ser... séria, calada. Eu amo muito!

Vovó e seus netos.
Vó te amo!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

QUANDO VOCÊ MENOS ESPERA...

Quando você menos espera acontece, e daí que é bom, é gostoso, você curte aproveita, se deleita naquele momento.

E depois? Depois a vida continua, você pega o carro vai para casa, e tudo volta ao normal.

É assim que deve ser. Nos dias de hoje não adianta esperar por algo fantástico, maravilhoso, divino, o simples pode ser um diferencial.

Daí que chega o feriado e você muitas vezes se programa: Quero ir a praia encontrar com os amigos, fazer aquela farofada... ou então pensa: vou dormir até tarde (quem dera se eu conseguisse). E sem esperar a programação muda, e muda porque você quis, porque você fez o que tava afim e o melhor, foi bem legal!

Você encontra com aquela pessoa legal que te faz bem, conversa sobre um monte de coisa legal e outras nem tanto... Come algo gostoso e preparado por uma criatura que você nem esperava que tivesse tanta afinidade assim com a cozinha... toma sorvete, cochila e depois... acabou! Acabou naquele momento, porque outro dia pode ter mais! E no final das contas você VIVEU, CURTIU, tirou proveito da situação, ao seu favor claro (não esqueça deste detalhe).

No outro dia você acorda como se nada tivesse acontecido ou então é melhor fingir que nada aconteceu, sem esperar nada, sem cobrar nada, sem querer nada além. Porque é assim que tem que ser... e é assim que vai ser.

Ultimamente tenho vivido meus dias assim, sem esperar nada! Não, eu não perdi as esperanças, apenas não crio expectativas em torno de nada e deixo que Deus resolva tudo em minha vida, em todos os aspectos. Se você esperar pode não acontecer, então é melhor que aconteça quando você menos esperar.

E para não se frustrar é melhor que seja assim.

Tenho aproveitado cada minuto: com amigos, com família, com colegas de trabalho, colegas de sala de aula, até minha cadela tô curtindo mais (não tenho apego com animais).

E para terminar duas estrofes de duas músicas que gosto de ouvir (mas só ás vezes).

Você tá sempre indo e vindo, tudo bem
Dessa vez eu já vesti minha armadura. (Pitty – Na sua estante)

Pense, fale, compre, beba
Leia, vote, não se esqueça
Use, seja, ouça, diga
Tenha, morre, gaste e viva. (Pitty – Admirável chip novo)



Ás vezes, as pessoas só precisam de um tempo para elas mesmas. Guns N’ Roses. 

Bjos!

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Pé no freio!


Hoje tive um dia meio agitado e antes dele ficar agitado ouvi uma pessoa logo cedo que dizia: Amanhã é 11/11/2011 para alguns cientistas é dia de ficar tranquilo, fazer uma oração, não se estressar, acender um incenso tudo muito ZEN. Na hora eu pensei: Ah então é dia de ficar em casa e não trabalhar!
Durante o dia fiquei lembrando disso que ouvi logo cedo e percebi o quanto sou "agoniada", o quanto sou acelerada e ás vezes eu escuto: Milla desacelere! Penso que na minha profissão (Publicitária e Marketeira) desacelerar é complicado, afinal como diz a música do Cazuza "O tempo não para".

Ao voltar para casa observei como funciona um automóvel: Liga,  pé na embreagem, 1ª marcha, 2ª marcha, 3ª marcha, 4ª marcha e enfim a 5ª, o meu carro só chega até ai! Mas no trânsito você precisa acelerar, desacelerar, pisar no freio, reduzir a marcha e isso acontece várias vezes até você chegar ao destino final. 
Fiz uma comparação com a vida!

Muitas vezes é preciso acelerar e chegar até a 5ª marcha, mas diversas vezes é preciso pisar no freio, desacelerar, olhar ao redor, respirar fundo e seguir novamente. E porque desacelerar? Talvez para observar a Lua, como fiz hoje ao chegar em casa... minha Mãe disse: Olha a Lua como tá bonita! É preciso desacelerar e muitas vezes nem concluir a pauta do dia, ou até não cumprir a ordem que ali está. E quando necessário reduza a marcha para ganhar mais força.

Saber a hora certa de colocar a chave e seguir é um desafio diário, o equilíbrio e o discernimento tem que existir.


"Mas se você achar
Que eu tô derrotado
Saiba que ainda estão rolando os dados
Porque o tempo, o tempo não para" Grande Cazuza


quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Café da manhã na varanda



Essa semana dormi na casa da minha AMIGONA Natuza... claro que acordei cedinho para tomar café da manhã e ela estava onde? Na cama dormindo, para variar. 
Tudo bem amiga, agora você não precisa mais acordar cedo para me levar ao trabalho...

Fui na cozinha preparar o café da manhã e depois de pronto resolvi tomar café da manhã na varanda, o sol estava lindo e ainda suportável... afinal o verão chegou!!
Contemplei o sol, o céu e lá longe ainda consegui ver o mar. Foi diferente e gostoso. Geralmente quando estou lá e preciso e trabalhar logo cedo, costumo comer no balcão da cozinha, com pressa, mas fazer diferente foi bem legal. 


Procure mudar algo no seu dia, na sua vida. 
Saia da rotina.
Não insista em coisas que você tem certeza que não vale a pena.
Aprecie a natureza.
Faça alguém mais feliz todos os dias.
Seja você mesmo.
Seja feliz.
Ame mais e deixe ser amado.
Você vai viver melhor assim.
Ahh, tentei deixar a foto no formato retrato mas não consegui, saco! Mas tinha que colocar né??
Bjos.

domingo, 30 de outubro de 2011

Ontem eu chorei...


Chorei porque tava com vontade, chorei para lavar a alma. Chorei do nada.
Ontem eu chorei de saudade, saudade das pessoas, saudade do meu pai, e quando se chora de saudade é engraçado porque sempre vem a mente momentos engraçados e divertidos e entre as lágrimas acontece meio sem querer um sorriso...
Eu chorei escondida no quarto, sozinha... se não minha mãe podia ficar preocupada e achar que era algo sério. Ela não iria entender o porque das lágrimas.
Chorei porque estava meio angustiada, sem motivos, mas estava.
Ontem eu chorei de alegria, de emoção por poder agradecer a Deus por tanta coisa boa...
E depois de chorar foi bom porque dormi bem rapidinho.

Se tiver vontade de chorar, CHORE!! Chorar não faz mal e o melhor não engorda.

Bjos.



sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Vila 7 - Um lugar especial!


Venho aqui apresentar a Vila 7. Pelas fotos vocês já vão entender um pouco mais desse lugar lindo e de muito bom gosto. 

A loja é de Juliana Lins, publicitária, linda, mãe e uma pessoa que tenho um carinho enorme. Trabalhei pouco mais de 6 meses com ela e foi o suficiente para admirá-la. Dedicada, amorosa, de uma simplicidade ímpar e de um coração gigante.

Vocês podem conhecer um pouco da Vila 7 clicando aqui e curtindo a Fã Page da loja.

Além de oferecer brinquedos inteligentes, ainda tem espaço para os pais tomarem café, conversar um pouco, ler revistas e claro comprar brinquedos inteligentes para a garotada. 

Um ambiente descontraído, sofisticado e... você precisa conhecer!!

Os brinquedos de madeira são todos feitos de madeira de reflorestamento. Dá uma clicada aqui também e assiste do vídeo de Ju mostrando a loja na íntegra.

Ju parabéns pela loja, não podia deixar de registrar a minha visita também aqui no meu cantinho. 

Pedro, cuida bem da loja tá?



  

 











 Bjos.





quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Uma voz chamada Adele!

Estou conhecendo um pouco mais da voz super comentada e que toca em todas as rádios. 
Essa voz se chama Adele. Porque essa voz? 
Porque sua voz é inconfundível, boa de ouvir e as letras das músicas? Show!

Hoje para sair da rotina escutei o CD da Adele "21" e é muito bom, bom mesmo. 

Na tarde de hoje deixo essa aqui como dica: "He Won't Go"
 
"Se isto não for amor, então o que é? Estou disposta a assumir o risco". E ai vem ou não comigo?
 

domingo, 16 de outubro de 2011

Virada Multicultural

Não vou falar muito... o meu interesse não é criticar apenas, mas também apresentar a minha visão sobre a Virada Multicultural do Recife.

No desejo de prestigiar a iniciativa da Prefeitura fui ontem ao Marco Zero e meu intuito era ver gente e me divertir com os amigos! Isso eu fiz!!

Mas o que me espantou foi a falta de gente, esperava encontrar o Marco Zero lotado, mas não foi isso que eu vi. Claro que estavam ali pessoas que eram fã do Alceu, do Fagner e também quem estava como eu... querendo aproveitar um sábado a noite.

Sem contar da falta de policiamento, quase não vi um pelas redondezas. 

O Alceu não encantou tanto assim;

Estacionamento? R$ 10,00, e se não pagar já sabe o que acontece com o carro. Beleza, melhor teria sido não ir de carro, mas não fui com o meu claro, estava com um amigo :)

Bebida? Tava difícil!! 
Eu não bebo, mas se quisesse só tinha cerveja quente (era preciso andar muito para comprar uma bebida, tudo quente, em alguns lugares não tinha nada que prestasse, Vodka da pior, a caipfruta era de essência de morango, parecia raspa-raspa. 

Detalhe: Nas lonas de divulgação do evento tinha lá o nome da Brahma bem grande, mas cerveja que é bom... NADA!!

O que salvou a noite foi o sambinha na praça do Arsenal e a companhia claro.

Fica a dica para realizar um evento de qualidade, com segurança e estrutura.

Ahhh! O PE Folia também foi uma roubada, faltou cerveja no camarote da Skol. Como assim??? #FAIL. Se quiser ver o que aconteceu lá, clica aqui.

Bjos.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

E as férias acabaram.


Hoje é meu último dia de férias, 15 dias passaram voando, mas para mim foi o suficiente.

Férias é ir para São Paulo, conhecer gente nova, viver uma experiência única de dormir 5 dias em um quarto de hotel sozinha, tomar café da manhã sozinha, andar sem um lugar específico para chegar...

O bom das férias é poder ir dormir sem precisar colocar o celular para despertar, na verdade deixei ele bem longe de mim e no silencioso. Mas tem um detalhe: Acordava cedo todos os dias mesmo sem o celular tocar.

Férias é não tomar café da manhã com pressa, é acordar e ficar de pijama até quando não querer mais e ainda tomar café da manhã com ele (o pijama) e depois voltar na cama ainda desarrumada, dormir de novo, depois acordar com o cheiro do almoço...

Férias para mim é almoçar a comida da minha mãe sem falar a célebre frase: Hoje almocei mal!. Afinal minha mãe cozinha bem demais e todos os dias era um "menu" diferente. Tudo feito com carinho e amor.

Férias é ir a praia em dia de semana com a amiga e por não ter ninguém na praia pegar aquele bronze do verão...

Férias é limpar a bicicleta e colocá-la para trabalhar.

Férias é poder decidir o que fazer em qualquer momento (ontem assisti dois filmes), visitei Luana (filha da minha amiga que nasceu faz pouco tempo), dei uma de artista (pintando uma janela velha que quero transformar em quadro), fui na feira, fiz uma caminhada com minha mãe...

Férias é dirigir na cidade sem pegar muito trânsito, porque claro que eu escolhia os horários de menos movimento na rua...

Mas, férias se torna melhor quando ela tem início e fim, é melhor quando você sabe que no outro dia vai voltar a acordar com o despertador, vai tomar café da manhã as pressas, vai pegar um trânsito bem "gostoso" e ainda corre o risco de almoçar mal e dentro daquele tempinho que você tem...

E o Best of the Best das férias é poder no outro dia trabalhar com o que você gosta, com pessoas que você gosta de estar junto e compartilhar como foram esses dias sem você na empresa (claro que de muitas saudadessss kkkk).

Deus obrigada por mais um período de férias e por poder voltar a trabalhar amanhã, obrigada pela saúde que tenho, pela empresa no qual eu trabalho, obrigada por tudo.

"Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus..." Eclesiastes 3,1.

Bjos.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Amigos na praça... lá de casa!

Cinco anos se passaram, setembro de 2006 eu comemorava com meus amigos os meus 21 aninhos. De lá pra cá nada de festa, apenas um bolinho, jantarzinho com a família, almoço com colegas de trabalho...

Esse ano resolvi voltar as origens e fazer uma festa do jeito que eu gosto, uma festa para reunir os amigos que não vejo faz tempo e para encontrar mais uma vez com aqueles que vejo sempre. Fazer os amigos se reencontrarem (quem me conhece sabe que eu adoro fazer isso) e matar as saudades da época da Riachuelo por exemplo.

O tema escolhido: Anos 80! Não curti essa época, afinal já nasci na metade da década, mas por me identificar com as músicas, brinquedos, moda... muita coisa boa. Sem contar que meu irmão tinha tudo em casa e daí ficou bem mais fácil decorar a house.

Mas esse post é para agradecer a todos os amigos e familiares que estiveram presentes. Principalmente os amigos, porque família sempre tá presente né?

A frase é clássica: "Vale mais amigos na praça do que dinheiro no bolso", nem sei de quem é essa frase mas é verdade verdadeira.

Claro que os dois juntos nem se comparam, mas com amigos a vida é "muito mais melhor de boa". 

Eu sempre falo de amizade, de amigos e como dou valor aos meus, um simples almoço na minha casa e tudo certo. Faço o que está ao meu alcance, sou besta mesmo. Faço sem querer nada em troca.

Voltando a frase, ontem foi dia de reunir os amigos na "praça" da minha casa, não na minha casa não tem praça, mas tem uma garagem (do edifício) que cabe todo mundo. 

Foi dia de rever amigos da escola - Dani e Diego - e lembrar um pouco da época em que a responsabilidade nem existia, a obrigação era apenas estudar.

Rever os amigos da famosa Riachuelo 129, turma boa demais, amigos para sempre - Vanessa, Eudes, Alisson (Dedé), Stênio, até Léo, que a última vez que me viu foi na minha festa de 21 anos. Faltou Lipe, Cléber, as Marlenes, Grazi, Talita, Mari... não puderam estar presentes.

Encontrar o povo da Pós em um momento de descontração - Melina (tem nem mais graça), Ammerson e Felipe.

Matar saudades de um casal que admiro e que amo - Lu e Rafa, meus amores adorei a presença. Nem acreditei hahahah. Lu, minha amiga de alma. Ela sabe o porque.

Curtir com a dupla dinâmica - Anne e Ewelin, preciso nem falar o quanto são especiais. Galegas da minha vida.

Conhecer melhor Jéssica e Adriel, Jéssica faz parte da Galera do Celta e hoje parte da minha vida também, você é demaisss. Adriel é o seu love. Gente finíssima.

Não aguento mais o povo da Tambaú kkkk, brincadeira. Liliane, Alzira, Flavão e Fábio, a presença de vocês foi ilustre. Ahhh não posso deixar de falar do Charles (humm. amore de Alzirinha) e Cintia, namorada do Fábio. Obrigadão, ão ão ão!!!

Ai você conhece uma figura em uma das empresas que você trabalha e gosta dele assim, de bem muito...e por causa dele conhece outra pessoa maravilhosa. Resultado: Paixão em dose dupla. Pedro e Bruno, amo vocês, muito bom receber o abraço apertado e sincero dos dois. Show, show, show!

E ai vem a família né? Romero (o Dj) , Helen e Estelinha, Minhas tias (Mere, Carma, Wilma), Meus tios (Val, Rei, Nado) Os primos (Wagner, Victor, Cecília, Ronaldo)... as vizinhas, os amigos da minha mãe... Muito carinho, muito amor.

Minha praça ficou iluminada com a luz de cada um. 

E o agradecimento maior: a Deus! Que me deu saúde para comemorar mais um ano de vida, mas uma vitória de olhar na frente e ver que tenho amigos que estarão comigo lá, onde quer que eu esteja. 

Até a próxima se assim Deus permitir.

Bjos.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Música do dia: Crying in the rain - A-Ha

Ahhh, quem nunca ouviu uma música do A-Ha. 

Meu irmão é colecionador de vinil, tem tudo que você pensar além de ter um gosto musical muito bom. O melhor é que sempre escuto músicas que não são da minha época. 

Essa do A-Ha (Crying in the Rain) é uma delas, ouvi hoje pela manhã e recordei os momentos que ficava com meu irmão escutando ele traduzir as músicas, errada, mas eu achava que era verdade. 

Essa música é linda, um pouco depressiva eu concordo, mas é linda.


Bjoss.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Começar de novo!

Engraçado como tudo se encaixa na vida. 
Hoje acordei com um pensamento: Começar de novo! Não é começar de novo o que já fiz ou o que tenho para fazer, mas começar do ZERO.
Eis que me deparo com um texto do Maurílio Santos Jr que fala exatamente o que eu vinha pensando no caminho do trabalho.
É hora de pular fora do quadrado e descobrir o turbilhão de coisas lindas que me esperam lá fora, é o momento de querer mais, de ser mais, ser mais em tudo, com humildade sempre.
Diferente de muitos minha retrospectiva sempre acontece quando eu faço mais um ano de vida, olho para trás e vejo o que me aconteceu no decorrer da idade antiga. 
Amanhã eu com certeza farei isso novamente mas com um olhar bem diferente de quem quer se livrar das mazelas que só atrapalham.

Na verdade já comecei de hoje.

Vou replicar a música do Ivan Lins que escutei lá no site do Maurílio.

Começar de novo vai valer a pena... ter te esquecido.

Excelente dia.

Bjos.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Uma sopa bem quentinha!

Ontem larguei do trabalho já imaginando que horas chegaria em casa. Normalmente levo em média uma hora e meia, mas como ontem estava chovendo eu tinha certeza que chegaria umas duas horas depois. Afinal eu moro em uma cidade e trabalho em outra.

Fazer o caminho Recife - Olinda diariamente não é tão fácil, tem dias que me dá uma preguiça. Mas peraí! Hoje é bem melhor, tenho um carritcho que me permite um pouco mais de conforto.

Pertinho de casa ligo para minha mãe para saber o que aguardava para o jantar... se eu tivesse apostado com Felipe (meu best friend) teria acertado. Ela fez sopa. É lei dia de segunda-feia lá em casa.

Cheguei dentro do previso eram 20:01h quando olhei no relógio...

Cansada do trânsito, mas eis que algo me animou!! Minha mãe veio abrir o portão e olhou para mim: Estava esperando você chegar para tomarmos uma sopinha. O que acompanha a sopa? Torradinhas que ela mesma fez com todo carinho e amor que pode existir nesse mundo.

Jantamos e eu simplesmente capotei no sofá. Tem coisa melhor do que dormir no sofá? Eu amo!

Minha mãe é linda, posso dizer que ela é uma mulher maravilha e bem moderna. Conversa comigo sobre tudo, entende de política, fala de propaganda, de amor, de sexo, de TUDO. Ela é demais. Uma sopinha bem quentinha feita por Mamis não tem preço.

Mãe te amo eternamente e sem dimensão de tamanho.


segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Dúvida!

 
Dúvida (derivado do latim dubitare) é uma condição psicológica ou sentimento caracterizado pela ausência de convicção opondo-se à crença/fé e ao saber. 
Ela é a incerteza ou desconfiança em relação a uma idéia, um fato, uma ação, de uma asserção ou de uma decisão.

Explicações de dicionário a parte, a dúvida pode perseguir uma pessoa por muito tempo. 

Quem pode tirar ou diminuir essa dúvida? Somente a certeza.
Quem pode me dar a certeza?

Bem, hoje só uma pessoa poderia me dar certeza e acabar com minhas dúvidas...Em quem acreditar?

Muitos falam que sim
Outros acham que não
Eu tenho motivos para achar que sim.

Ela não fala nada
O silêncio me corroi
Por outro lado o carinho reconstroi

Meu coração?
Ah! Em meu coração... dúvidas, dúvidas...

Metade de mim diz que não
As pessoas insistem que sim
O reencontro reforça o não
Minha outra metade afirma que sim.

Só você tira essa dúvida
E acaba de vez com essa angústia
As pessoas estão certas ou sou eu que não enxergo?

Me ajuda!
Milla


quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Lis, ali na Suíça e dentro do meu coração!

Já falei algumas vezes aqui nesse cantinho sobre meus amigos.



Sou uma pessoa que dou o MAIOR VALOR para amizade. Já me decepcionei uma vez, e que bom que só foi uma, mas nada que deixasse meu coração trancado, eu sou amiga e pronto! Daquelas que faz o que for possível para agradar, para reunir a turma, eu ligo, agendo encontros, faço almoço na minha casa... eu gosto disso.

Hoje eu vou falar de Lis Neeser. Trabalhei com ela durante 8 meses e depois disso ela foi realizar seu sonho: Morar na Suiça. Sempre soube que ela iria, muito determinada ela se organizou e foi com a filha morar neste lugar lindo onde tem familiares. O maior desafio: falar alemão!

Depois de quase três anos ela voltou ao Brasil, mas só de visita, e foi a vez de nos reencontrarmos e matar um pouco da saudade. Foi tão bommmm, dançamos, rimos e partilhamos um pouco do que aconteceu durante esse tempo.  

Claro que ganhei chocolate Suiço, mas o que me chamou mais atenção foi o cuidado que ela teve em guardar um presentinho que eu tinha pedido a ela quando ela foi embora. Um óculos lindo da Vogue. Eu pedi e ela prometeu que quando viesse ao Brasil ela me daria. Resultado: Ganhei o óculos... já está usado claro e eu agora vou terminar de gastar ele rsrsrs. Eu nem lembrava mais, achei lindo da parte dela ter lembrado disso. Amei!
Olha ele ali hahhah, junto com os chocolates e o colarzinho que eu também amei.

Lis é especial por vários motivos e um deles é a sua sinceridade, além de suas loucuras claro (segredo nosso), mas ela será sempre especial. 

Vou sentir saudades de novo, mas não tenho dúvida que em Fevereiro quando ela vier novamente ao Brasil vamos nos reencontrar e depois quem vai visitá-la sou eu. Quero ver a neve!

Amiga volta com Deus e o que precisar estarei por aqui.
Bjos.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Música do dia!

Quando o assunto é música eu escuto de tudo, tudo mesmo, mas todo mundo tem uma afinidade maior com determinado estilo musical. Gosto de MPB, e só escuto a Nova Brasil... para mim é uma das rádios que atingem minhas expectativas musicais. Domingo estava voltando da casa de um amigo e ouvindo a rádio, quando ela -  Maria Rita começou a cantar uma música intitulada "O que é o amor". 

Muitas vezes me pergunto sobre o amor, o que é, o que faz, se é bom...

Fico impressionada como pode o ser humano amar de maneiras tão diferentes, amor de mãe é um, amor de filho é outro, amor de irmão e de amigo posso classificar como iguais, amor de casal... Mas se hoje perguntarem para mim o que é o amor, nem sei se saberia responder ou explicar, mas dentro de mim ele existe, mais forte como nunca.


 
 Bjos.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Luana vai chegar!

Quando você pensa que o "mundo desabou", "que a casa caiu" (como diz um amigo meu) Deus coloca em nossas vidas pessoas que fazem você entender que não é nada disso. Você conhece pessoas novas e o melhor se torna amiga.
Estou aqui para falar de Érika, já falei dela aqui mas hoje o post é só dela. Que privilégio não é?
Dia 29/07 foi o último dia de Érika junto com a galera do Celta Blue (meu carro), o último dia dela com Luana na barriga. Ela vai tirar a licença maternidade, Luana vai chegar! Ôbaaaa!
Claro que teve despedida, escrevi uma cartinha pra ela em nome da tchurma. Foram tantas emoções...






Érika é uma pessoa admirável, gente fina da melhor qualidade. Já disse a ela que quando voltar a cadeirinha de Luana terá lugar reservado no carro hahahaha.
Meu desejo é de felicidades para essa família que Deus está formando. Que Lulu venha com muita saúde.
Ahhh, vale ressaltar que quando eu engravidar quero ser como ela, uma Mãe megafashion. Queria ter fotografado todos os modelitos dela.
Vamos sentir saudades do seu jeito tranquilo e amável. Ela é minha co-pilota preferida. 

Até a volta em 2012.





Milla.

sábado, 16 de julho de 2011

Fé!

Cinco horas da manhã o celular desperta! Não, eu não fui trabalhar hoje, fui com minha mãe na Igreja do Carmo, Basílica de Nossa Senhora do Carmo. 

Hoje, 16 de julho de 2011 é feriado no Recife, dia da padroeira da cidade. Nunca tinha ido a missa no dia de Nossa Srª do Carmo, costumava participar da missa na basílica diariamente quando pegava ônibus no centro da cidade para ir ao trabalho. Mas vamos ao que interessa!

Ao chegar na Igreja as 6h da manhã IGREJA LOTADA, estava terminando a missa das 5h e ao lado da Igreja tem a capela onde começaria a missa das 6h, fui para lá. Emoção, fé, lágrimas... tudo isso junto tomou conta de mim. Me emocionei com a fé das pessoas, a cada minuto chegava gente... 

Fiquei observando o ato de fé das pessoas:

Uma senhora que chegou a Igreja de joelhos, sim de joelhos! Ela foi entrando e pedindo licença, queria ficar lá na frente, mais perto do altar. Gente, eu não consigo nem me ajoelhar por um segundo, meu joelho dói muito.

Quando já estava saindo vi uma senhora chegando vestida com um vestido amarelo (cor que representa a padroeira), ela com certeza saiu assim de casa. De verdade! Admiro muito, é a Fé, ela fez uma promessa e foi cumprir, sem contar outras, e outras...

Outra coisa foi uma senhora que conheço da Igreja no qual eu faço parte, fui falar com ela e na hora que ela me abraçou falou a frase que sempre fala: "Feliz destino pra você". Gosto de ouvir ela falar isso. 

Depois ela falou com minha mãe e olhou novamente para mim e perguntou: Você já casou? Me assustei né? E respondi que não. Na mesma hora ela retrucou: Não se desespere, Deus te dará uma pessoa boa, igual ele me deu. E começou a chorar. Ela foi casada durante 58 anos, e faz 2 anos que seu marido faleceu, todos os domingos eu e minha mãe encontrava com eles na missa, e de repente ele faleceu, ela ficou muito mal, triste, mas lembro como se fosse hoje ela dizendo que não tem dúvida que quando chegar o seu dia ele o marido) estará esperando por ela no céu... Lindo né? 

Admiro esses casais, hoje em dia infelizmente muitos casam já pensando que se não der certo separa. Não acho que tem que ser assim. Sei que não é fácil, mas quero um casamento para a vida toda, e que a frase "Até que a morte os separe" seja de fato cumprida. 

Que meu destino seja feliz, assim como ela deseja sempre que me vê. Que Deus abençoe os casais que decidem dar este passo na vida, formar uma família não é fácil.

Senhor eu creio, mas aumentai a minha fé!

Bjos.